Veja nossos amigos aqui nimfomane.org, xnxxfr.org, fucktube, xnxxyouporn, xxx, filme porno
17 jul

O debate digital na criação de comissões, protocolo sanitário e detenção de delegados constitucionais

por Espacio Público | Chile

Atualizado em 20 de julho, 2021 às 10:36 am

A 10 dias da primeira sessão da Convenção Constituinte, esta semana foi marcada pela criação de comissões, pelo protocolo sanitário e, nas últimas horas, a prisão de dois delegados constitucionais da Lista do Povo.

Um dos temas a serem definidos na Convenção desta semana foi o protocolo sanitário que o órgão deve seguir no contexto da pandemia de coronavírus. Na terça-feira à tarde foi aprovada a proposta, que foi elaborada pela Associação Médica, a Sociedade Chilena de Epidemiologia e a Sociedade Chilena de Saúde.

Além disso, as regras básicas para o funcionamento da convenção foram aprovadas na quarta-feira, 14 de julho. A criação de três comissões foi aprovada a fim de regular a organização. Foi criado um Comitê Externo de Atribuições e foram criadas a Comissão de Regulamento, a Comissão de Ética e a Comissão de Orçamento e Administração Interna.

Finalmente, na quinta-feira, 15 de julho, à tarde, os delegados constituintes Alejandra Pérez e Manuel Woldarsky foram presos enquanto se manifestavam a favor dos detidos no protesto de outubro. A presidente Elisa Loncón anunciou em sua conta no Twitter que a mesa diretiva da Convenção esteve presente na terceira delegacia de polícia em Santiago para apoiar a libertação dos delegados detidos.

No Debate Digital, analisamos o movimento e o conteúdo das publicações feitas no Twitter relacionadas com o processo constituinte de segunda-feira às 00h00 até quinta-feira, dia 15, às 15h00. A frequência de tuítes por hora atingiu seu ponto mais alto em 13 de julho às 23h00, com 6.232 publicações, a partir dos comentários polêmicos de Jorge Baradit. O delegado do distrito 10 declarou, como resultado das agressões contra os delegados do RN Rugero Cozzi e Luciano Silva, que “parece conveniente que eles agora também sofram um pouco do que nós chilenos temos sofrido desde os protestos: perseguição, violência, repressão nas ruas”. Estas declarações foram amplamente criticadas e Jorge Baradit se desculpou no dia seguinte. Os tuítes em resposta a essas declarações alcançaram um número significativo de retuítes e respostas.

O segundo ponto mais alto foi alcançado hoje às 14h00, com 5.727 tuítes, pela notícia da detenção dos dois delegados da Lista do Povo que foram detidos na Plaza de Armas em Santiago.

As palavras mais frequentemente mencionadas nos tuítes foram “chile”, “derecha” (direita) e “mesa”. Também aparecem no mapa de palavras outros conceitos relacionados com os eventos da semana, como “reglamento” (regulamento), “comisión” (comissão), “comisiones” (comissões), “funcionamiento” (funcionamento), “baradit”, “proceso” (processo), “normas” e “prensa” (imprensa). A palavra “rechazo” (rejeição) aparece novamente na nuvem, e os delegados mais frequentemente mencionados, além de Baradit, são Teresa Marinovic e Elisa Loncón.

Por outro lado, as hashtags mais repetidas nos tuítes estavam relacionadas, como em outras consultas, a programas de televisão. As hashtags mais utilizadas foram #mentirasverdaderas, #disputaconvencionalmv, #contigochv, #debatechilevamos and #hagamoslapega (vamos trabalhar).

O mapa da comunidade que é construído a partir das contas e suas conexões mostra uma clara dispersão entre a comunidade de esquerda e a comunidade de direita. As contas com maior influência nesta busca foram as de Teresa Marinovic, do vice-presidente da mesa Jaime Bassa e da presidente Elisa Loncón. As contas da mesa permaneceram influentes nas diversas buscas do Debate Digital.

Nota metodológica:

A consulta foi realizada através da plataforma Trendsmap com a seguinte busca: (constituyente OR constituyentes OR constitucional OR constitución OR constitucion OR convencion OR convención OR convencionales OR convencional) OR ( #convencionconstituyente OR #convenciónconstituyente OR #convencionconstitucional OR #convenciónconstitucional OR #convencion OR #convención).

*A Sala de Democracia Digital é uma ação da FGV DAPP, em parceria com Chequeado, na Argentina, Espacio Público, no Chile, Linterna Verde, na Colômbia e Ojo Público, no Peru. Nós monitoramos o debate público nas redes sociais pela América Latina.

A análise original está disponível no site do Espacio Público aqui.