13 set

A semana da convenção constituinte nas redes sociais (6 a 10/09)

Por Espacio Público | Chile

Por Nieves Alcaíno, Manuel Arís e Guillermo Marín

Atualizado em 16 de setembro, 2021 às 1:33 pm

Esta semana, no Debate Digital, fizemos uma pesquisa sobre a conversa referente ao processo constituinte e a Convenção Constituinte no Twitter, de segunda-feira, dia 6, a sexta-feira, dia 10 de setembro. A conversa nas redes foi marcada pela polêmica notícia sobre o estado de saúde do constituinte Rodrigo Rojas, as discussões sobre o regulamento, e a controvérsia relacionada com os constituintes que receberam a Renda Familiar de Emergência.

RESUMO

327.300 tuítes
271.000 retuítes (83%)
25.200 respostas (8%)

PALAVRAS

As palavras mais usadas nas publicações do Twitter esta semana foram “rojas”, “ife”, “chile”, “pueblo” (povo), “derecha” (direita), “proceso” (processo) e “rodrigo”.
O nome do constituinte Rodrigo Rojas apareceu logo depois que se descobriu, por meio de uma reportagem do La Tercera no sábado, dia 4, que o constituinte tinha mentido sobre seu diagnóstico de câncer. Rojas tornou-se popular durante as manifestações após 18 de outubro, e foi um dos rostos mais conhecidos por sofrer no momento de leucemia linfoide mista e por criticar fortemente a privatização do sistema de saúde no país e seus altos custos econômicos. Ele foi eleito como membro da Convenção pelo o 13º distrito, inserido em La Lista del Pueblo, grupo que abandonou 4 dias antes da publicação da reportagem. A notícia, na qual Rojas se declara doente, mas com um diagnóstico diferente, chocou todos os membros da Convenção Constituinte e foi polêmica na mídia, assim como nas redes sociais.
Por outro lado, a palavra “ife” aparece após o deputado Cristián Labbé (UDI) e a deputada Karin Luck (RN), denunciarem publicamente que 12 convencionais haviam recebido a Renda Familiar de Emergência (IFE), apesar de terem uma diária de 2,5 milhões de pesos. Alguns dos 12 convencionais na lista comentaram que se tratava de um erro na atualização dos dados do Registro Social de Lares.

HASHTAGS

A hashtag mais utilizada esta semana foi #laconvencionsedefiende (a convenção deve ser defendida). Começou a ser utilizada em grande escala a partir de terça-feira, dia 7, por convencionais e atores políticos relevantes. Naquele dia, o vice-presidente da Convenção, Jaime Bassa, publicou em sua conta no Twitter, junto com a hashtag: “Estes foram dias difíceis, mas sabemos que não estamos sozinhos. Vamos seguir, porque não esquecemos que estamos aqui pelo reconhecimento e a proteção efetiva de nossa dignidade e direitos”.
Por outro lado, as hashtags #referendumrevocatorioya (referendo revogatório já) e #alabasuralacc (CC no lixo) foram utilizadas pelos críticos do processo constituinte e seus integrantes, motivados pelas notícias sobre a IFE e a situação de Rodrigo Rojas.

TIMELINE

A maior frequência de tuítes por hora foi registrada na terça-feira, dia 07, às 17h00, o que coincide com o dia em que a hashtag #laconvenciónsedefiende começou a ser utilizada, e o dia de maior polêmica nas redes sobre a situação dos convencionais constituintes que receberam a Renda Familiar de Emergência.

TUÍTES COM MAIS RT

Esta semana, os tuítes com o maior número de retuítes foram publicados pelas contas do prefeito de Recoleta Daniel Jadue, de José Antonio Kast, e da convencional constituinte do Partido Comunista e antiga porta-voz secundária da CONES, Valentina Miranda. Daniel Jadue juntou-se à campanha da hashtag #LaConveciónSeDefiende e compartilhou: “A Convenção está sob o ataque permanente e sistemático daqueles que se opõem às transformações que o Chile precisa. São as defensoras e os defensores da ditadura que operam nas sombras. Não se percam!”.
Por outro lado, os tuítes de José Antonio Kast e Valentina Miranda estão relacionados com a polêmica da IFE. O candidato presidencial do Partido Republicano compartilhou uma foto da notícia da denúncia dos deputados Labbé e Luck e escreveu: “Vergonha nacional: Convencionais ganham 2,5 milhões de pesos e recebem a IFE. Por quanto tempo continuarão abusando dos recursos do Estado?”. Em resposta às críticas, Valentina Miranda compartilhou uma declaração dirigida aos deputados de direita, “que estão chateados por nós, os pobres, termos ganhado com a IFE um espaço para escrever esta nova Constituição”, publicou.

Marcela Cubillos publicou um tuíte no qual descartou ter havido “aproveitamento”, defendendo os convencionais acusados: “Não concordo com a polêmica sobre o pagamento da IFE a alguns membros. Ouvi explicações de vários dos mencionados nesta denúncia e parece mais uma questão de atualizar informações no registro social de lares do que de abuso ou aproveitamento”, escreveu.

Tuíte 1: Vergonha nacional: Convencionais ganham 2,5 milhões de pesos e recebem a IFE. Por quanto tempo continuarão abusando dos recursos do Estado?

Tuíte 2: A Convenção está sob o ataque permanente e sistemático daqueles que se opõem às transformações que o Chile precisa. São as defensoras e os defensores da Constituição da ditadura que operam nas sombras. Não se percam!

Tuíte 3: Em resposta aos insultos dos deputados de direita, que estão chateados por nós, os pobres, termos ganhado com a IFE um espaço para escrever esta nova Constituição, compartilho a seguinte declaração pública na qual desminto suas acusações.

ANÁLISE DE REDES E COMUNIDADES

Esta semana, como nas últimas publicações do Debate Digital, não se observa nenhuma conta que conecte as duas comunidades. Além disso, pela segunda semana consecutiva, a conta de Teresa Marinovic não aparece em uma posição forte na comunidade azul e aparecem outras contas com maior peso nessa comunidade. As contas de meios de comunicação estão perdendo força em comparação com a última busca. Por outro lado, as contas mais influentes na conversa desta semana foram as de @meruanista, seguida pelas contas de Marcela Cubillos, José Antonio Kast e T13, todos pertencentes à comunidade azul. A conta da convencional Teresa Marinovic aparece em sexto lugar, depois da conta de Jorge Baradit.

NOTA METODOLÓGICA

A consulta desta semana foi realizada através da seguinte busca: (constituyente OR constituyentes OR constitucional OR constitución OR constitucion OR convencion OR convención OR convencionales OR convencional) OR (#convencionconstituyente OR #convenciónconstituyente OR #convencionconstitucional OR #convenciónconstitucional OR #convencion OR #convención) -acusación –“unidad constituyente” #debateunidadconstituyente.

Através desta busca procuramos filtrar as conversas relacionadas ao processo constituinte, eliminando publicações contendo a palavra “acusación” (acusação), com a finalidade de não incluir na amostra publicações sobre acusações constitucionais, as palavras “unidad constituyente” (unidade constituinte) ou a hashtag #debateunidadconstituyente (debate unidade constituinte), para filtrar publicações relacionadas ao pacto.

Procuramos dados sobre conversas produzidas por usuários localizados no Chile e em espanhol. A busca considerou um período entre segunda-feira, 6 de setembro, e sexta-feira, 10 de setembro de 2021.

*A Sala de Democracia Digital é uma ação da FGV DAPP, em parceria com Chequeado, na Argentina, Espacio Público, no Chile, Linterna Verde, na Colômbia e Ojo Público, no Peru. Nós monitoramos o debate público nas redes sociais pela América Latina.

A análise original está disponível no site do Espacio Público aqui.

Veja nossos amigos aqui porno, xnxxfr.org, xnxxyouporn, xxx, filme porno