Veja nossos amigos aqui nimfomane.org, xnxxfr.org, fucktube, xnxxyouporn, xxx, filme porno
17 abr

Base pró-Bolsonaro se reorganiza no Twitter e, ainda que minoritária, ganha fôlego com movimento anti-Mandetta

Base de oposição, que se unificou a grupo intermediário semana passada em apoio a Mandetta, permanece com atuação estável na discussão

Atualizado em 30 de abril, 2020 às 10:00 am

Perfis políticos críticos a Bolsonaro seguem juntos, mas sem impulso
A demissão de Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde fez com que o núcleo bolsonarista fixo mantivesse, novamente, discurso único no Twitter e em ataque ao ex-ministro, aumentando participação no debate sobre o coronavírus desde a última semana;

Queda geral no debate sobre a pandemia
Desde o começo de abril, mantém-se com média de 3 milhões de menções/dia, no Twitter, o debate geral no país sobre o coronavírus, e cada vez com maior ação dos grupos polarizados e políticos — em março, havia média superior a 4 milhões de postagens/dia relacionadas ao assunto. A base intermediária, ainda com perto de 50% de presença, segue com perda de espaço geral na discussão, principalmente pela ação intensiva do grupo de apoio a Bolsonaro para defender a ação do presidente durante a crise.

No WhatsApp, cloroquina e China são as pautas centrais
As menções a Mandetta já não figuravam entre os links mais compartilhados no WhatsApp desde segunda (13). Destacou-se, em grupos políticos no aplicativo, a acusação de que um dos médicos que contraindicou o uso da cloroquina é “petista” e o reforço a ataques contra a China com acusações de que o vírus é uma arma biológica.

Sobre a metodologia deste trabalho

Sobre a equipe