Veja nossos amigos aqui nimfomane.org, xnxxfr.org, fucktube, xnxxyouporn, xxx, filme porno
13 nov

Alinhamento de candidatos com o governo federal pauta grande parte do debate sobre eleições municipais de 2020 no Twitter

Atualizado em 13 de novembro, 2020 às 12:24 pm

  • Entre 04 e 10 de novembro foram identificadas 288,9 mil foram postagens associadas ao presidente Jair Bolsonaro no Twitter, entre críticas e apoio a medidas do Governo Federal, mantendo caráter nacionalizado do debate;
  • Maior parte das postagens se concentra em identificar, entre as candidaturas, quais teriam a simpatia do presidente ou aquelas antagônicas a seus posicionamentos.

O posicionamento das candidaturas em relação ao governo federal mobiliza o debate na reta final das eleições municipais no Twitter. Entre os dias 4 e 10 de novembro, foram identificadas 288,9 mil postagens na rede associadas ao governo e ao presidente Jair Bolsonaro, segundo levantamento da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV DAPP). 

A maior parte desse debate se concentra em identificar, dentre os candidatos às Prefeituras e Câmaras Municipais de diferentes cidades do país, aqueles que estariam alinhados ou recebendo simpatia do presidente e os que estariam dispostos a combater ou enfraquecer o bolsonarismo nos seus municípios. Alguns, ainda, aproveitam os balanços do pleito deste ano para fazer projeções a respeito de uma eventual tentativa de reeleição de Bolsonaro em 2022, colocando em perspectiva as chances de possíveis concorrentes, como Luciano Huck, Sérgio Moro, João Dória (PSDB) e Ciro Gomes (PDT).

Principais termos do debate pró-Bolsonaro nas eleições municipais 2020
Data de análise: 4 a 10 de novembro

Fonte: Twitter. Elaboração: FGV DAPP

Com a proximidade do 1º turno, apoiadores de Jair Bolsonaro intensificam pedidos de votos para candidatos que teriam o apoio declarado do presidente ou que estariam dispostos a atuar como um braço do bolsonarismo nos seus municípios; alguns, ainda, fazem acusações contra candidatos da oposição. Uma questão de grande repercussão aqui se refere a suspeitas ‒ inspiradas em polêmicas sobre as recentes eleições presidenciais norte-americanas, mas não fundamentadas ‒ sobre a confiabilidade das urnas eletrônicas brasileiras, com alguns usuários reivindicando, inclusive, a volta do voto impresso no país. Além de #bolsonarotemrazão (25,1 mil menções), #bolsonaro2022 (14,9 mil menções) e #fechadocombolsonaro (5,8 mil menções), são muitos frequentes as hashtags #votoimpressosim (50,4 mil menções) e #votoimpressoem2022 (29,4 mil menções).

Principais termos do debate anti-Bolsonaro nas eleições municipais 2020
Data de análise: 4 a 10 de novembro

Fonte: Twitter. Elaboração: FGV DAPP

 

Já a parte do debate que se opõe a Jair Bolsonaro convoca a população a usar o voto para derrotar candidatos bolsonaristas no pleito municipal deste ano ‒ escolhendo, inclusive, candidatos mais claramente identificados com a esquerda. As opiniões do presidente em relação à pandemia da COVID-19 e, sobretudo, ao desenvolvimento de vacinas contra a doença estão entre os principais argumentos desses perfis para mobilizar oposição

Além disso, evocando resultados das recentes eleições presidenciais norte-americanas, muitos usuários arriscam previsões para a derrota de Jair Bolsonaro em uma eventual tentativa de reeleição em 2022. Lideram esse debate as hashtags #bolsonaroéopróximo (78,4 mil menções) ‒ com referência à derrota de Donald Trump nos Estados Unidos ‒, #forabolsonaro (34 mil menções) e #bolsonarogenocida (19,9 mil menções).